coronavirus(covid-19)

Prefeitura de Naviraí recupera estradas rurais e facilita o escoamento da produção agrícola e transporte escolar

  • Assessoria de Imprensa
  • 5 de março de 2020
  • Gerência de Obras

O Núcleo de Infraestrutura Rural ligado a Gerência Municipal de Obras da Prefeitura de Naviraí, sob a coordenação de Ivan Reche, visando atender a uma das prioridades da administração do prefeito Dr. Izauri Macedo, vem desenvolvendo uma série de ações com a finalidade de fazer a total recuperação, levantamento, cascalhamento e a construção de caixas para a retenção das águas pluviais, cujo trabalho é realizado de forma constante, visando proporcionar melhores condições de trafegabilidade nas estradas rurais, facilitando o escoamento da safra agrícola e o transporte dos estudantes com os ônibus escolares.

Segundo Ivan Reche, em alguns locais à margem das estradas atendidas, o maquinário da municipalidade ou cedido em parceria com alguma propriedade rural, trabalham também na construção de bacias para a retenção de água das chuvas e, também, fazer algumas curvas de níveis para evitar erosão nas propriedades beneficiadas.

Para atender as propriedades rurais a Estrada da Fazenda Pindó, como é mais conhecida, foi totalmente recuperada, visando atender as fazendas Santiago do Tinguara, Maria Cristina, Medianeira, Pindó, Santa Cruz, Santa Umbelina, Novo Rumo, Conquista, Cascavalho e Peixe Dourado, cuja estrada é denominada de NV 22 que se inicia na rodovia MS 141 e até a MS 489, numa extensão de 60 quilômetros e que demanda ao Porto Caiuá.

O gerente do Núcleo de Infraestrutura Rural também enfatizou que a Estrada Linha Santa Onça, que liga a Fazenda São Marcos que é vizinha da Fazenda Paquetá também recebeu os mesmos benefícios, ficando em condições normais para tráfego de automóveis e caminhões. Ivan Reche acrescentou também que foi realizada a total recuperação do aterro e patrolamento na estrada que liga a Fazenda Matrinchã e Prainha, a Concordia, Princesa, Santa Helena (cuja propriedade fez parceria com o município na cedência de máquinas e seus colaboradores). “Esta estrada estava interditada há uns 6 anos e fizemos a sua total recuperação. A parceria com a Fazenda Santa Helena foi de suma importância para isso”, ressaltou Reche.

A estrada da Fazenda Campo Florido também recebeu atenção dentre as ações desenvolvidas pelo Núcleo de Infraestrutura Rural da municipalidade, com a recuperação de uma ponte, cujo trabalho recebeu elogios dos proprietários beneficiados. Outra estrada que teve atenção dedicada, foi a Estrada do Borborema, com recuperação de uma poça d”água.

Visando atender o Porto Caiuá, a estrada rural com extensão de 14 quilômetros, partindo do Posto Fiscal Foz do Amambai até o local, foi totalmente recuperada e hoje oferece condições de boa trafegabilidade não só para os moradores, como também aos turistas que vão até lá para uma boa pescaria no rio Paraná. Ali perto, a estrada que demanda a Fazenda Vaca Branca também recebeu um patrolamento e outras melhorias.

Com uma parceria e máquinas do Consórcio Conisul, a Estrada que liga as Fazendas Umuarama, Dal Prá e outras. Está recebendo um serviço com levantamento, cascalhamento, caixas para contenção das águas de chuvas e curvas de níveis, através de um projeto da Itaipú Binacional para evitar que enxurradas levem areia para o leito dos córregos e rios que consequentemente vão para no lago Itaipu prejudicando a durabilidade da usina hidrelétrica.