Beneficiários de Programas Sociais terão até 31 de dezembro para regularizar o cadastro único

Gerência de Assistência Social Imprimir
Sexta-Feira, 06 de Outubro de 2017 - 13h54

A Gerente Municipal de Assistência Social Telma Minari através da coordenadora da equipe do Cadastro Único Jocilene está convocando as pessoas de baixa renda a se inscreverem no Cadastro Único. O Cadastro Único é a porta de entrada para os benefícios dos programas sociais.

O Cadastro pode ser feito no CRAS I – Centro de Referência de Assistência Social na Seleta – Sociedade Caritativa e Humanitária e no CRAS II, no Bairro Jardim Paraíso. O Cadastro Único é um conjunto de informações sobre as famílias de brasileiros em estado de pobreza e extrema pobreza.

Essas informações são utilizadas pelo Governo Federal, pelos Estados e municípios para implementação de políticas públicas capazes de promover a melhoria de vida dessas famílias.

Quem deve estar inscrito no Cadastro Único:
Devem ser cadastradas as famílias de baixa renda: Quem ganha até meio salário mínimo por pessoa, ou Quem ganham até 3 salários mínimos de renda mensal total.

Programas e benefícios sociais que utilizam o Cadastro Único como base para seleção das famílias: Programa Minha Casa, Minha Vida; Programa Bolsa Família; Programa de Erradicação do Trabalho Infantil – PETI; Programa de Fomento às Atividades Produtivas Rurais; Carteira do Idoso; Aposentadoria para pessoa de Baixa Renda; Tarifa de Energia Elétrica e outros programas.

Segundo Joceline estas pessoas/famílias beneficiadas deverão procurar os CRAS I e II para regularizar o seu cadastro até o dia 31 de dezembro caso deixar de comparecer os benefícios automaticamente serão cancelados.

Fonte: Assessoria de Imprensa