Realizada oficina de Diagnóstico da APA Ilhas e Várzeas do Rio Paraná em Naviraí

Gerência de Meio Ambiente Imprimir
Quinta-Feira, 29 de Junho de 2017 - 16h42

Foi realizada na última segunda-feira (26) em Naviraí, pelo ICMBio (Instituto Chico Mendes) com a presença do Gestor da APA Erick Caldas Xavier em parceria com a Prefeitura Municipal por meio da Gerencia de Meio Ambiente, a primeira Oficina de Diagnóstico da APA das Ilhas e Várzeas do Rio Paraná.

Destinada aos empresários do ramo minerário que desenvolvem suas atividades na APA ou entorno, a oficina é uma das etapas para a elaboração do Plano de Manejo desta Unidade de Conservação. O intuito destas oficinas é de que os setores envolvidos possam contribuir sob o seu ponto de vista com este trabalho, para que se tenha um diagnóstico muito próximo da realidade.

Além do setor de mineração serão realizadas oficinas para Agricultores, Produtores, Ilhéus Agricultores, Pescadores, Colônias de Pesca e Operadores de Turismo em outras localidades que também pertencem à APA.

A Área de Proteção Ambiental (APA) das Ilhas e Várzeas do Rio Paraná, é uma unidade de conservação de uso sustentável cujo território abrange 25 municípios dos estados do Paraná, Mato Grosso do Sul e São Paulo, compreendendo as ilhas e ilhotas situadas no Rio Paraná, as águas interiores e as áreas lagunares e lacustres, as várzeas, planícies de inundação e demais lugares especiais situados em suas margens, desde o Reservatório de Itaipu até as proximidades da Usina Hidrelétrica Engenheiro Sérgio Motta, ou Usina de Primavera.

A APA, também conhecida como APA Federal, foi criada em 30 de setembro de 1997 para proteger o nosso patrimônio natural nacional que é o último trecho do rio Paraná livre de barragens. Tem como objetivo também proteger a fauna e flora, os remanescentes de floresta, as várzeas, á agua, os sítios históricos e arqueológicos, ordenar o turismo, incentivar as manifestações culturais, contribuir para o resgate da diversidade cultural regional e assegurar o caráter de sustentabilidade da ação antrópica na região, com particular ênfase na melhoria das condições de sobrevivência e qualidade de vida das comunidades da APA e entorno, afinal há um grande número de pessoas que vivem no interior da APA.

Para o Gerente de Meio Ambiente Astolfo Carlos Mendes o plano de manejo da APA é um importante instrumento de gestão e a Prefeitura de Naviraí por meio da Gerência de Meio Ambiente se empenha em colaborar ativamente com o ICMBio para a elaboração participativa do mesmo.

Fonte: Assessoria de Imprensa