Merenda escolar na REME receberá melhorias

Gerência de Educação e Cultura Imprimir
Segunda-Feira, 19 de Junho de 2017 - 08h51

Segundo a gerente de educação do município de Naviraí professora Fátima Liuti a merenda escolar que vinha encontrando dificuldades para atender os alunos, começa a sua normalidade a partir de agora em diante.

Fátima Liuti disse que as crianças em turno integral necessitam de 5 refeições diárias em uma refeição muito rica, destacando a nova nutricionista contratada que está elaborando um cardápio adaptado a cada faixa etária e compete à educação fazer um acompanhamento para que a criança leve esse hábito alimentar para a família e inclusive a Organização Mundial da Saúde está alertando para os benefícios de uma alimentação saudável evitando a obesidade e outros malefícios oriundos da má alimentação, evitando o consumo exagerado de sal, menos gordura e mais frutas, legumes e verduras.

A gerente informou que a partir desta segunda feira (19), 05 empresas que ganharam as licitações para o fornecimento da merenda escolar no atendimento dos alunos com todos os itens necessários de uma forma planejada que, infelizmente, até agora não tinha conseguido, sua totalidade e que agora um cardápio ideal será servido.

Fátima falou sobre a verba de R$. 400 mil a ser gasto até o final do ano com o programa de Alimentação Familiar. Já se reuniu com os produtores rurais do município para tratar desse assunto, que considera muito importante porque favorece nossos produtores gerando emprego e renda e o prefeito tem solicitado que esse programa seja incentivado porque é bom para a Prefeitura e aos produtores. A Educação Municipal tem estimulado nossos alunos a consumirem mais frutas, verduras e legumes para uma geração mais saudável, ao invés do consumo de massas e produtos industrializados, concluiu.

Creches

Professora Fátima ainda comentou sobre a grande demanda por vagas nas creches municipais e que a educação é ciente da grande necessidade da abertura de novas vagas para as crianças, permitindo que as mães possam trabalhar. “Temos procurado equacionar o problema e agradecemos a compreensão dos pais que nos procuram por vagas para seus filhos, existe uma creche em construção, para que essa problemática seja sanada. Há hoje uma demanda de 600 matrículas e que ainda neste ano iremos criar um fórum para discutir com os poderes executivo, legislativo, judiciário e a sociedade organizada critérios para esse atendimento visto que não temos como atender a todos e teremos que adotar alguns procedimentos sem ferir a lei”, enfatizou a gerente.

Esclareceu também que a vaga nas creches não é direito dos pais e sim da criança e disse poder afirmar categoricamente que não há nenhuma criança até os 4 e 5 anos que esteja fora da creche. É um compromisso do Plano Municipal de Educação que foi criado pela sociedade e isso é acompanhado, com metas e estratégias para saber o que tem que trabalhar ate 2025 quando esse plano tem vigência e Naviraí está muito à frente de muitos dos municípios brasileiros.

“Estamos conscientes de que precisamos trabalharmos pesado para dar respostas à educação infantil e a solução, será a alternativa a ser buscada junto à sociedade, com parcerias com empresas, por exemplo, que têm mais de 100 empregados, que a Lei determina que a mesma tenha creche para atender os filhos dos mesmos”, finalizou.

Fonte: Assessoria de Imprensa