Diretor do IFMS Campus de Naviraí esboça projeto

Gerência de Educação e Cultura Imprimir
Segunda-Feira, 12 de Junho de 2017 - 16h28

Na manhã desta segunda-feira (12), no Instituto Federal de Mato Grosso do Sul, Campus de Naviraí, o Diretor daquela Instituição Prof. Matheus Castro, reuniu-se com o Prefeito, com os senhores Fernando Kamitani e Eduardo Mendes, Gerentes de Desenvolvimento Econômico e de Administração, respectivamente, para uma explanação sobre a TECNOIF, em parceria com a Prefeitura Municipal e a ACEN – Associação Comercial e Empresarial de Naviraí.

Esta parceria abre a oportunidade do campus de Naviraí participar e é o início de uma nova cultura empreendedora mais consolidada dentro do IFMS, avaliou o diretor. “Quando uma criança nasce prematura, ela passa por um período dentro de uma incubadora, um espaço protegido e assistido para que se fortaleça e possa ganhar o mundo em segurança. A mesma ideia vale para uma incubadora de empresas: um ambiente em que o empreendedor receberá aconselhamento, orientação, mentoria, ou qualquer outro apoio técnico que precisar para que possa estruturar um plano de negócio robusto para sua empresa e lançá-la no mercado sem medo”. Destacou o diretor.

A seleção visa apoiar ideias propostas por estudantes do IFMS, individualmente ou em grupo. A seleção será duas etapas. A primeira, que consiste na realização de dois workshops com os inscritos, sobre o processo seletivo da TecnoIF, no qual será explicado aos proponentes sobre seus direitos e deveres de participar da pré-incubação e outro sobre como elaborar apresentações no formato Pitch.

Já na segunda etapa, o proponente deverá apresentar o projeto para a banca multidisciplinar, abordando tópicos como oportunidade de negócio em relação ao que já existe, entre outros. A pré-incubação é o primeiro passo da TecnoIF na instituição. O objetivo, neste momento, é despertar nos estudantes o olhar do empreendedorismo e da inovação, e fomentar a visão de empresário.

O foco da TecnoIF é a de querer capacitar os estudantes que tenham uma visão objetiva da ideia, identificar se realmente atende um problema de mercado, se há demanda, se é lucrativa como o esperado, ou seja, identificar a validade do negócio. O estudante aprenderá a pôr no papel todo o funcionamento da empresa, podendo visualizar como funcionará na prática antes de abri-lo.

De acordo com a Coordenação-Geral da TcnoIF, o próximo passo será abrir a oportunidade para o público externo e, então, poder incubar empresas, prestando auxílio para melhorar os aspectos de gestão e ter uma visão global do negócio.

O prefeito de Naviraí disse da importância do IFMS para o município e região e essa parceira é de suma importância na questão de estar oferecendo uma qualidade de ensino e oportunizar mais do que nunca o jovem para um futuro com qualidade em conhecimentos técnicos.

Fonte: Assessoria de Imprensa